Guia de Compra para sistemas

A escolha do seu sistema de piso aquecido pode ser a etapa mais difícil. Piso aquecido de Superfície ou de Acumulação? Muitas dúvidas poderão surgir e, através desse guia, você poderá encontrar as respostas.

Como funciona o piso aquecido?

O piso aquecido funciona através de uma fonte de calor inserida ou dentro do contrapiso ou acima dele, desta forma distribuido o calor por uma massa determinada do material que compõe o piso. Na superfície o calor radiante se distribui de maneira uniforme por todo o ambiente, oferecendo não apenas conforto térmico, mas também higiene e segurança.

Diferente dos equipamentos convectores, tais como radiadores e ares condicionados, o piso aquecido distribui o calor por todo o ambiente da forma mais próxima à ideal. O piso aquecido se apresenta como o sistema mais eficiente energeticamente.

 O piso aquecido vai aquecer o ambiente?

O piso aquecido pode, sim, ser a única fonte de calor para o ambiente. No entanto, é importante consultar nosso departamento de engenharia para avaliar a viabilidade de tal situação. O piso aquecido, quando sendo a única fonte de calor, oferece o melhor conforto térmico possível aos usuários. O sistema opera dentro dos limites estabelecidos como faixa de conforto para pisos descritos nas normas internacionais ISO 7730/2005 e na ASHRAE 55/2010, onde a faixa de temperatura recomendável para pisos encontra-se entre 19°C e 29°C. O piso aquecido se mostrou o sistema com o melhor conforto térmico, dentre os sistemas de aquecimento existentes, a incluir ares condicionados, radiadores e lareiras.

O conforto térmico, segundo a norma internacional ASHRAE 55/2010, é descrito como “O estado de espírito que expressa a satisfação com o ambiente térmico que envolve a pessoa”.

Normalmente, um ambiente que ofereça um desconforto térmico aos usuários, seja para o frio, ou para o calor, acaba se tornando um ambiente de baixa permanência. O estresse térmico está relacionado a diversas doenças fisiológicas e psicológicas, tais como o próprio estresse mental.

Tipos de pisos.

Todos os pisos podem ser aquecidos, desde que tomados os devidos cuidados. Carpetes, laminados, vinílicos, madeiras, porcelanatos e granitos podem ser aquecidos.

Afinal, Superfície ou Acumulação?

Os sistemas de superfície oferecem a maior velocidade de aquecimento do mercado e são ideais para reformas, onde o cliente não tem intenção de danificar o contrapiso existente. Os sistemas de acumulação se popularizaram no Brasil devido ao baixo custo, porém oferecem uma inércia térmica pouco adaptável aos climas brasileiros. Na Europa se tornou comum, justamente por aproveitar a oscilação de valor de tarifa durante o dia. Como no Brasil é mais incomum, o sistema de acumulação se torna mais proveitoso para longos períodos de utilização, como no inverno europeu.

No caso de utilizar o sistema por períodos menores do que 24 horas, recomendamos optar pelo sistema de superfície.

Gostou das informações?